Como não sou como a comum das mulheres na casa dos 30, sem falsas modéstias sei que sou gira, inteligente, boa, divertida e amiga. Sou também mázinha, crítica, impulsiva, instável, insana. . Sou uma verdadeira Borderline.

.posts recentes

. Iva Domingues ou....a tri...

. Estou de volta!

. Finalmente o início da di...

. Vou começar a dieta do dr...

. Dicas para escrever melho...

. O meu baby. Lindo, não?

. Para ti, meu tesouro:

. O nascimento do bebé:

. O primeiro dia do resto d...

. A tão esperada alta médic...

.arquivos

. Novembro 2011

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Janeiro 2008

Terça-feira, 23 de Março de 2010

23 março de 2010

Hoje quando te visitei, pelas 11 horas, para te dar banho reparei que já consegues tirar a sonda a ti próprio. Nada que já não tivéssemos imaginado que iria acontecer mal tivesses força para tal, pois és daqueles bebés cheio de genica e força. santiago, sabes que como estás empre com as mãos na cara não prevejo dias muito diferentes de hoje em diante, rapaz... Prepara-te para um põe e tira constante. Ai, ai...

 

depois das 11.30 h iniciámos o ritual do banho: primeiro retirei-te a fralda com presente e deixei que a enfermeira te pesasse: 920 gramas! Enafilho, hoje passaste a barreira das 900 gramas, agora queremos é que caminhes para a das 100 gramas, n é? Estás finalmente a ganahr peso, meu amor... Continua assim, nem imaginas como nos fazes sorrir!!!

 

Após o banho estiveste a meu peito, fiz de "mãe-canguru", e aí sim, fomos realmente como que um só, fomos mesmo mãe e filho!! Eu aproveitei cada segundo para te olhar, te admirar, decorei cada milimetro do teu rosto, cada preguinha de teu corpo, cada movimento teu, cada pestanejar...

Tu aproveitaste para me tocar, me cheirar, apalpaste-me o peito, tentaste olhar no meu rosto, como quem tenta decorar algo importante, para nunca mais esquecer. Que lindo filho...

 

Este momento do nosso dia vale por todo o resto, é como que um recarregar de baterias, no qual vou buscar toda a energia diária, toda a energia que necessito. E quando te devolvo á "Girafa", a tua incubadora, parece-me a mim que este dia chegou ao fim, coloco a zeros o contador decrescente que vai marcar o tempo que falta até ao dia de amanhã... que estranho...

 

Obrigada e mais 24 horas...


publicado por Moky às 16:27

link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Novembro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
25
26

27
28
29
30


.tags

. todas as tags

.links

.Fazer olhinhos

blogs SAPO

.subscrever feeds