Como não sou como a comum das mulheres na casa dos 30, sem falsas modéstias sei que sou gira, inteligente, boa, divertida e amiga. Sou também mázinha, crítica, impulsiva, instável, insana. . Sou uma verdadeira Borderline.

.posts recentes

. Iva Domingues ou....a tri...

. Estou de volta!

. Finalmente o início da di...

. Vou começar a dieta do dr...

. Dicas para escrever melho...

. O meu baby. Lindo, não?

. Para ti, meu tesouro:

. O nascimento do bebé:

. O primeiro dia do resto d...

. A tão esperada alta médic...

.arquivos

. Novembro 2011

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Janeiro 2008

Sexta-feira, 18 de Setembro de 2009

A minha primeira consulta na MAC até já

...ou aventuras e desventuras de Moky no mundo das barriguitas, Parte I

 

 

 

Tal como decidi, vou postando sobre as fases da gestação à medida que eu própria for passando por elas na minha própria gravidez.

Ora, ontem fomos os três, eu, o Tó e o baby á nossa 1ª consulta na histórica MAC.

Não obstante todo o stress com que começei logo o dia, o que para mim tem toda a importancia pois acredito na teoria causa-efeito, pois o meu fofuxo deixou fugir os 4 cães logo ás 8 da manhã, bem na hora que tínhamos de sair se queríamos chegar á maternidade antes das 9h... claro q cães nem vê-los e tive de deixar a chave do portão a um vizinho para poder ir á consulta (para me meter a cadela labrador em casa mal ela decidisse voltar do seu jogging matinal à sucapa...)

Adiante.

Já na maternidade, preenchi com a enfermeira Liliana, uma Querida, super simpática, meiga e prestável, profissional, o que se quer,  a ficha inicial, os dados do costume, de despiste de hábitos da mãe, tabaco, bebidas alcoolicas, drogas, etc... bem como medi a tensão, pesei-me (não, não vos conto quanto peso....nem pensar....) e entretanto chegou a minha Doutora, A Dra. Cristina Guerreiro. Gostei logo dela. Foi-me explicado o processo e a Dra. decidiu que eu deveria fazer logo neste dia a primeira eografia, para ver se já se conseguia saber alguma coisa mais, tal como a viabilidade da gravidez, a sua colocação e tentar saber o tempo certo de gestação. Lá fui eu, para aquele que iria ser o (díficil) primeiro contacto contigo bebé. Dificil porquê? Queres saber? não sei é se é adequado para a tua idade, mas a mamã vai tentar:

 

À chegada à tal dita ecografia, nem tudo correu pela melhor :(

mal chegámos a assistente informou a enfermeira Liliana, que me acompanhu durante todo o dia, de forma espectacular, que não haviam médicos para fazer o tal exame,  e que os únicos 2 médicos que nesse dia estavam a utilizar o equipamento apenas o faziam com as suas próprias grávidas, claro!

Ora BOLAS... pensei eu.... mas desenganem-se!

A Enf. LiliANA para além de super simpática e profissional é também, vejam só, SUPER DESENRASCADA, pois conseguiu que um desses tais doutores viesse fazer a eco aqui á JE!!

Entrámos numa sala toda equipada com marquesa e monitores, mandaram-me despir as calças e baixar as "cuequitas", enquanto me eram passadas para a mão, num modo meio mecânico até, umas espécies de batas ou lençóis ou sei lá ou quê....

Tentei despir-me.

Ou melhor: Vestir aquela coisa, só que vesti ao contrário, granda cena. LOL.

Daqui a nada está aqui a enfermeira mais o médico não sei das quantas, que a pedido especial me vem aqui fazer a eco e eu ainda nem a bata vesti porque, vejam só, NÃO SEI...

Nisto lá resolvi vestir a tal bata ao contratio, aberta para tras, amandei-me para cima da cadeira monotorizada mal ouvi passos no corredor e..... Zás....

- Então D. Mónica deite-se aqui na marquesa por favor. Colocou um creme fresco sobre a minha barriga e tentou encontrar sinais do meu bebé, mas visto eu ainda só estar de 5 semanas (vêem?!?!? Eu estava certinha nas minhas contas!) o médico olhou bem decidido para a assistente estagiária e, sem mais rodeios:

- D. Mónica dispa-se e coloque e batinha que vamos fazer a vaginal, tá? Até já.

 

Pára tudo.

VAGINAL??????????

 

Ai MEU DEUS.....

 

Até fiquei pálida, sem reação... o tempo passou, o doutor voltou a entrar no gabinete e eu na mesma.

-Então D. Mónica, já está pronta, sente-se aqui nesta cadeira e coloque aqui as suas perninhas, vá!

 

Bem, decidi não pensar muito e fazer tudo mecânicamente. Sentei-me, coloquei as pernas, uma de cada lado, no respectivo suporte (para amarrar a desgraçada da perna, caso seja preciso, lá está...) e nisto, aparece o Dr. com um autêntico mangalho espacial na mão, com uma espécie de câmera web na ponta


publicado por Moky às 11:20

link do post | comentar | favorito

Sábado, 12 de Setembro de 2009

Este mês a Moky quer....

...deixa só chegar o dia 18 e receber, passar na Mango e aí.... São minhas!!!

Kisses

sinto-me: sexy
música: Ramones
tags:

publicado por Moky às 16:43

link do post | comentar | favorito

Diário da minha gravidez - PARTE 1

Evolução da gravidez:

 



Nesta última semana tenho sentido imensos enjoos, não há comida que me caia bem e tenho andado no limiar do vómito, apesar de não chegar a vomitar ando mal disposta com a comida a boiar imenso tempo e muitas vezes quando sinto o arroto a chegar tenho de me controlar pois sinto a comida a vir para cima (desculpem o grafismo da coisa mas é mesmo assim).  Seguindo o conselho da amiga Renada comprei 7up para ter em casa e realmente tem ajudado nestas alturas ( a 7up tem gás, oque ajuda a arrotar, e açucar, que ajuda a combater os enjoos).  Ontem à noite estava a ver que não me livrava de uma ida a correr ao wc mas depois de beber uns goles daquilo (e muitos arrotos depois) lá consegui digerir o jantar em condições. Gracias pela dica amiga .

No corpo também começam a ser visiveis as mudanças. As maminhas parecem-me ter crescido mais um bocado (isto pára entretanto, certo?) tenho andado bem com os soutiens da woman's secret de suporte duplo (comprei uns maiores logo no inicio e têm dado) mas agora parece-me que deve estar na hora de pensar em comprar uns bons soutiens mesmo de grávida.


Antes de notar a barriguita já tinha notado na semana passada que as ancas estão muito mais largas, nem sei se isto é normal ou não mas eu fiquei mais larga (ora bolas!) espero que depois isto volte ao sitío (que já não era pouco largo :P).Ainda assim ainda consigo usar as calças normais pois não está muito saliente para fora ( um dia destes tenho de tirar uma foto!) nem ainda está rija como as das grávidas que tenho visto.Quer-me cá parecer é que mais uma semanita e lá vou eu para a Benetton comprar umas calcinhas de grávida.

 

Kisses,

 

Moky

sinto-me: Mamã!
música: A fine frenzy

publicado por Moky às 11:46

link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 9 de Setembro de 2009

O TESTE DE GRAVIDEZ DEU POSITIVO ou... estou grávida, meu Deus!


 

POSITIVO.... O resultado do teste foi positivo:

-dois tracinhos!! Positivo, afirmativo...

Isto comprova tudo aquilo que eu venho sentindo de diferente em mim este mês (contráriamente ao que se passava nos meses anteriores....

Eu sabia...

 

EU sabia que estava grávida....

 

Aliás:

 

- EU ATÉ ME ATREVO A DIZER, QUE SEI, vejam bem,  QUANDO É QUE ENGRAVIDEI..Áh pois é...atrevida eu... pois arrisco mesmo sendo muitas as vezes que o fizemos ( somos fãs um do outro!!! Hehehe!!)de forma fantástica, deslumbrante, extasiante e emprenhante (LOL!!), de tal modo intenso, com tanto amor e convicção que este mês o milagre aconteceu... 

 

Mas para já a data que conta é a da ultima menstruação: 5 de Agosto de 2009

 

 

Kisses,

 

Moky e Tó (futura mamã e futuro papá!) a partir de hoje!!

sinto-me: a crescer á força mas feliz
música: Bob segar - We´ve got tonight
tags:

publicado por Moky às 18:07

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Terça-feira, 8 de Setembro de 2009

Um considerável atraso...

...daqueles que qualquer uma de nós já tinha, pelo menos,  arrebentado com 10 ou 15 kits de gravidez, arrancado com uns quantos cabelos e roído umas tantas unhas.

 

Mas não.

 

Por incrivel que pareça, desta vez vou fazer o que me foi sugerido:      - vou esperar. Vou esperar até ser mesmo evidente, até ser tão claro como a água, até não haverem mais dúvidas.

E depois vou marcar uma consulta com a médica de família. Mas pelas minhas contas já lá vão 4 semanas de gestação!

Até confirmar despeço-me, com bastante ansiedade,

Moky

sinto-me: grávida!
música: a ler e a ver : true blood
tags:

publicado por Moky às 15:00

link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 4 de Setembro de 2009

Fases da Concepção

 

 
Período Fértil:
Como parte do ciclo menstrual normal, um óvulo é libertado de um dos ovários aproximadamente 14 dias antes da menstruação seguinte. A libertação do óvulo é denominada ovulação. O óvulo é libertado e conduzido até à extremidade em forma de funil de uma das tubas uterinas, onde a fertilização pode ocorrer, e é transportado até o útero. Quando a fertilização não ocorre, o óvulo degenera e é eliminado do útero juntamente com a menstruação seguinte.
 
Fertilização:
Contudo, quando ele é penetrado por um espermatozóide, o óvulo é fertilizado e começa a crescer, tranformando-se num embrião após uma série de divisões celulares. Na ovulação, a camada de muco do colo do útero (a parte inferior do útero que se abre para o interior da vagina) torna-se mais líquida, permitindo que os espermatozóides penetrem no útero mais rapidamente. Os espermatozóides podem movimentar-se desde a vagina até à extremidade em forma de funil de uma tuba uterina (local onde geralmente ocorre a concepção) em 5 minutos. As células que revestem a tuba uterina facilitam a fertilização e o posterior desenvolvimento do zigoto.
 
1.ª e 2.ª Semanas:
O zigoto divide-se repetidas vezes enquanto se desloca através da tuba uterina e chega ao útero em 3 a 5 dias. No útero, ele transforma-se em blastocisto (uma bola oca de células).
A implantação é a fixação e inserção do blastocisto na parede do útero. O blastocisto geralmente implanta-se próximo da parte superior do útero, na parede anterior ou posterior. A parede do blastocisto possui a espessura de uma célula, excepto numa região onde ela apresenta uma espessura de três ou quatro células.
 
A implantação começa entre 5 a 8 dias após a fertilização e termina em torno do nono ou décimo dia. A parede do blastocisto transforma-se na camada externa das membranas (córion) que envolvem o embrião. Uma camada interna de membranas (âmnio) forma-se em torno do 10º ao 12º dia, formando a bolsa amniótica. Esta enche-se de líquido amniótico (um líquido transparente) e expande-se para envolver o embrião em desenvolvimento, o qual flutua no seu interior.  
[Texto retirado de www.manualmerck.net]
sinto-me: aflita...
música: Love me..

publicado por Moky às 10:59

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Engravidar, engravidar, engravidar...

Por mais voltas que dê á minha cabeça, por mais sermões que oiça ou artigos que leia, não consigo evitar aquele nervosismo mensal que dá pelo nome de " contagem do periodo fertil".

Passo a explicar:

- Eu e o Tó estamos a tentar fazer o nosso bebé á dois meses e eu já ando desesperada, como se de á dois anos se tratasse, não vá também eu ser vítima de mais um infortunio e agora, depois dos 30,  me dar para ter dificuldades nesta área da reprodução, coisa que na adolescência era quase tão certa como eu me chamar Mónica. Áh pois era: - Bastava um descuido e .... pimba...

E agora? Queres ver que me deu para isto? Ó Valha-me Deus...

 

Bem, pelo sim pelo não e enquanto espero para saber se sempre o periodo me aparece ou não (a partir de hoje, dia 4 de Setembro, estará atrasado....) vou lendo e reunindo aqui informação sobre esta área, que tanto tem preenchido os nossos dias. E noites. Ó que NOITES!!!!

 

Cinco sugestões para engravidar
 

Após duas ou três tentativas sem sucesso, algumas mulheres acham que não vão conseguir engravidar e acabam por desistir. Se é uma delas, não desanime e continue a tentar


Abaixo estão cinco sugestões importantes, que podem ajudar um casal a engravidar. Se, mesmo após seguir essas indicações, não conseguir ficar grávida após um ano de tentativas, deverá procurar assistência médica especializada.

 

  • As relações devem ser feitas durante o período fértil e em dias alternados, ou seja, um dia sim e outro não. O período fértil da maioria das mulheres é entre o 12º e 15º dia do ciclo menstrual

 

 

  • As relações devem ser feitas, de preferência, no momento em que a temperatura corporal da mulher estiver mais alta. Para descobrir isso, deve-se verificá-la sempre nos mesmos horários, usando um termómetro.


  • A mulher deve evitar o uso de cremes vaginais durante o período fértil, pois isso dificulta a locomoção dos espermatozóides.


  • Se a mulher deixar o seu marido muito excitado antes da relação, fará com que ele ejacule com maior intensidade, aumentando assim, o volume de esperma.

     


  • A mulher deve procurar não fazer limpeza vaginal e nem urinar logo após o acto sexual, pois isso diminui a quantidade de espermatozóides na vagina.

 

Outros cuidados a ter

 

 

 

  • Exercício físico: quando muito pesado, pode causar disfunção hormonal e interferir na ovulação.
  • Dieta: deve ser rica em vitaminas, ferro, zinco e ácido fólico. Estas substâncias têm efeito positivo na fertilidade - o zinco, por exemplo, pode aumentar a quantidade de espermatozóides - e na prevenção de abortos.
  • Peso: controle-o. Peso de mais ou de menos causa problemas hormonais e afecta a fertilidade.
  • Lubrificantes: evite usá-los. São tóxicos para os espermatozóides.
  • Medicamentos: anabolizantes, antibióticos e certas soluções contra a acne prejudicam a fertilidade.
  • Evite carregar nas tintas: para quê tingir os cabelos na gravidez? Os cientistas discutem a possível relação entre abortos espontâneos e certas substâncias contidas nas tintas para o cabelo. Por via das dúvidas, os médicos recomendam que, pelo menos nos três primeiros meses de gravidez, se evite o uso das tintas, sejam permanentes ou não. Passado esse período, muitos libertam aquelas cujos corantes são eliminados após poucas lavagens. Em todo o caso, a grávida deve ouvir a opinião do seu médico.
    Nalgumas mulheres, os cabelos ficam gordurosos durante a gravidez. Noutras, ficam secos. Mas todos continuam saudáveis.
    "Depois do parto, o corpo ainda passa por nova fase de adaptação hormonal, o que também favorece a queda de cabelos, mas isso é inevitável", diz a médica Ida Duarte.

 

 

 

 

sinto-me: preocupada
música: a ler Lua Nova

publicado por Moky às 10:39

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Novembro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
25
26

27
28
29
30


.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds